6 melhores ioga para ansiedade

Procurando alívio da ansiedade? A prática de ioga é uma forma de ajudar. Yoga ensina você a encontrar a calma em sua respiração. Ensina como encontrar uma posição (um “asana”) e permanecer no momento – o aqui e agora. Ajuda você a aproveitar a calma interior, não importa o que esteja acontecendo ao seu redor ou quais sejam suas ansiedades para o futuro.

Portanto, quer você esteja lidando com um transtorno

de ansiedade ou mesmo com um estresse leve, use essas posturas de ioga para aliviar a ansiedade e a tensão. Começamos com o componente mais importante: a respiração. A ansiedade pode ter tido uma má reputação. Afinal, ajudou-nos a evitar danos ao longo dos tempos; pode nos preparar para eventos importantes ou nos motivar a fazer mudanças.

A ansiedade nos avisa quando precisamos agir, desencadeando a resposta de luta ou fuga que nos mantém vivos. Mas se você é um dos 40 milhões de adultos que sofrem de transtorno de ansiedade nos EUA, pode experimentá-lo como uma sensação quase constante, e não apenas como algo que surge durante uma situação perigosa.

Embora a ajuda profissional e/ou medicação sejam componentes importantes no controle da ansiedade, também existem maneiras naturais de controlar a ansiedade que podem substituir a medicação ou combinar com um suplemento a ela.

6 melhores posturas de ioga para aliviar a ansiedade

Parece óbvio, mas aprender a respirar corretamente não é apenas a chave do yoga, mas pode ser a diferença entre se perder em um momento de ansiedade e superá-lo. Embora a maioria das práticas de ioga TERMINE com savasana, desta vez cabe a você primeiro ensinar a técnica de respiração adequada para todas as outras posturas que você praticará.

Deitado de costas, feche os olhos. Coloque uma mão na barriga e a outra no peito.

Inspire pelo nariz lentamente por 4 contagens enquanto sua barriga sobe com o ar. Expire pelo nariz com a mesma lentidão por 4 contagens. Você deve sentir a textura da respiração no fundo da garganta ao expirar. Tente praticar isso por pelo menos um minuto – vários minutos, se puder – diminuindo progressivamente a respiração.

Guerreiro 2

Posturas de guerreiro são lembretes de sua força. Manter a postura de guerreiro requer força nas pernas, força central e equilíbrio. Praticar essa postura de força e graça lembra você do que você tem de melhor.

1) Em pé, coloque o pé esquerdo na parte de trás do tapete e abaixe a parte interna do pé de modo que o pé de trás fique inclinado.

2) Dobre o joelho direito em 90 graus e estique a perna de trás.

3) Estenda o braço direito esticado sobre a perna direita e o braço esquerdo esticado sobre a perna esquerda.

4) Relaxe os ombros e inspire e expire suavemente. Segure por 30 segundos e troque de lado.

Postura da árvore

1) Fique em pé com os pés juntos e estenda os braços acima da cabeça.

2) Aperte o núcleo enquanto desliza o pé direito para cima para descansar na panturrilha esquerda ou puxe-o mais alto para descansar na parte interna da coxa. Evite colocar o pé na parte interna do joelho.

3) Fique o mais imóvel possível por 30 segundos e respire lentamente. Lados do interruptor.

Dobra para frente sentada

1) Comece sentado com as pernas esticadas à sua frente e a coluna ereta e reta.

2) Inspire enquanto estende a mão para cima para alongar a coluna.

3) Ao expirar, alcance os dedos médio e indicador para agarrar os dedões dos pés e comece a trazer o corpo por cima das pernas. Abaixe até sentir um alongamento suave nos isquiotibiais e na região lombar e segure.

4) Respire profundamente enquanto continua a alongar a coluna. Segure por pelo menos 30 segundos – mais, se possível.

Postura de criança

1) Comece com as mãos e os joelhos no tapete, os joelhos separados das bordas externas do tapete.

2) Sente o cóccix para baixo e para trás entre os calcanhares e abaixe a barriga entre as coxas.

3) Estique os braços à sua frente e relaxe a testa no tapete. Respire completamente e segure o tempo que desejar.

Pernas na parede

Esta pose é uma inversão básica. As inversões ajudam a acalmar o corpo e a mudar o fluxo sanguíneo, aliviando a tensão. Você pode fazer essa pose contra uma parede real ou apenas fazer estilo livre em seu tapete.

1) Deite-se de costas com as pernas esticadas no ar, sobre os quadris e os braços apoiados ao lado do corpo. (Se você estiver contra uma parede, as pernas sobem pela parede e uma toalha, tapete ou cobertor pode ser colocado sob seus quadris.)

2) Certifique-se de que suas nádegas e isquiotibiais estejam tocando a parede.

3) Feche os olhos e pratique a respiração calma permanecendo nesta postura por vários minutos, se puder.

4) Saia levando as pernas lentamente para a direita ou para a esquerda na parede.

About The Author

Leave a Comment

Scroll to Top