6 melhores maneiras de acordo com o condicionamento físico

Você não está sozinho se quiser perder peso depois dos 50 anos. É extremamente comum notar ganho de peso extra junto com outros sintomas da menopausa. Mas, felizmente, existem algumas coisas que você pode fazer a respeito!

Seis fatores de estilo de vida podem exacerbar o ganho de peso na menopausa após os 50 anos; Vamos explorar por que muitas mulheres ganham peso depois dos 50 anos e as coisas concretas que você pode fazer para prevenir o ganho de peso na menopausa.

O que causa ganho de peso depois dos 50

O estilo de vida e as flutuações hormonais são provavelmente as causas do ganho de peso durante os anos da menopausa da mulher.

Durante a menopausa, alterações hormonais significativas podem afetar a forma como o seu corpo é moldado, nomeadamente diminuindo o estrogénio. Níveis mais baixos de estrogênio podem fazer com que a gordura da mulher se distribua mais na barriga. Uma mulher com formato de pêra pode ficar mais “em formato de maçã” na meia-idade. Mas esta mudança na forma do corpo não se traduz necessariamente num número mais elevado na escala – que é o que muitas mulheres na faixa dos 50 anos também notam.

De acordo com a Sociedade Norte-Americana de Menopausa,

a mulher média ganha cinco quilos durante a menopausa, mas algumas mulheres ganham muito mais. Esses mesmos pesquisadores, porém, também lhe dirão que não há evidências científicas de que a menopausa cause ganho de peso. Portanto, as nossas formas podem mudar… mas o número na escala não é necessariamente necessário. Isso é muito frustrante para quem lida com ganho de peso. O que da? E o que podemos fazer sobre isso?

Como perder peso depois dos 50

  • 1. Equilibre seus hormônios
  • médico ajudando mulher em um escritório

Autorizo receber e-mails e anúncios baseados em interesses.

O primeiro passo para perder peso depois dos 50 anos é equilibrar seus hormônios da melhor maneira possível. Eu recomendo consultar um médico, nutricionista ou quiroprático de confiança para ajudar a controlar seus níveis hormonais.

É fascinante saber que com algumas simples adições de vitaminas e mudanças no estilo de vida, você pode preparar seu corpo para absorver nutrição, regular seus modos, ajudar sua tireoide e muito mais. Esses profissionais podem ajudá-lo a equilibrar os níveis de estrogênio, insulina, cortisol e leptina.

2. Trem de força

Mulher de 50 anos levantando peso

O músculo é o tecido ativo do corpo que queima mais calorias do que a gordura corporal. Quanto mais músculos você tiver em seu corpo, mais calorias seu corpo queima em repouso.

À medida que envelhecemos, perdemos lentamente um pouco desse músculo a cada ano, se não o substituirmos ativamente. Na verdade, já aos 30 anos, começamos a perder 5% da nossa massa muscular a cada década que passa. Assim, quando chega a menopausa, menos músculos e menos atividade podem, sem saber, desacelerar o seu metabolismo e a capacidade do seu corpo de queimar calorias.

Você pode substituir os músculos perdidos com treinamento de força. Você pode levantar pesos ou usar seu próprio peso corporal para construir músculos e, por sua vez, aumentar seu metabolismo.

Como começar o treinamento de força aos 50 anos

O treinamento de força queima muitas calorias, fortalece as articulações e o tecido conjuntivo e aumenta a densidade óssea ao longo do caminho. Tudo isso é extremamente importante à medida que você passa pela menopausa e além dela.

Comece com estes 11 movimentos desenvolvidos para mulheres com mais de 50 anos.

Você também pode tentar este treino HIIT de baixo impacto que combina força e cardio e é fácil para os joelhos. Este treino é o favorito para quem quer realizar muito em pouco tempo.

3. Coma alimentos de qualidade e reduza o açúcar

mulher comendo saudável

A sobremesa pode ou não ser o problema para você. O verdadeiro problema, porém, é que o açúcar extra indesejado é encontrado em TUDO, desde molho barbecue até salsicha de café da manhã e pão! Infelizmente, o excesso de açúcar não apenas faz com que você engorde, mas o açúcar piora outros sintomas da menopausa, como ondas de calor. Portanto, se você quiser perder peso depois dos 50 anos, precisará conciliar a quebra do ciclo do açúcar e a ingestão de mais alimentos integrais e nutritivos.

Dicas para escolhas alimentares quando você deseja perder peso depois dos 50

Certifique-se de que sua dieta seja repleta de folhas verdes escuras, vegetais de cores vivas, frutas, carne magra e peixe.
Seja orgânico para evitar conservantes, pesticidas e produtos químicos que perturbam seus hormônios.
Escolha alimentos que reduzam a inflamação no corpo e evite aqueles carboidratos brancos, ricos em amido ou açucarados que aumentam o açúcar no sangue e acabam sendo armazenados como gordura.

Comer coisas que vêm “como estão” é a sua melhor aposta! Pense em um pedaço de frango, um ovo, um punhado de amêndoas e uma batata doce.
Escolha o açúcar natural encontrado nas frutas. É melhor para você porque vem acompanhado de fibra; isso ajuda seu corpo a quebrar o açúcar mais facilmente do que os açúcares artificiais.

4. Priorize o autocuidado consciente

mulher mais velha feliz na rua

Sejamos realistas, pode haver muitos desafios novos e difíceis neste período da vida. Filhos que abandonam ou casam, cuidam de pais idosos, morte ou doença do cônjuge, mudanças de emprego ou proximidade da aposentadoria – todas essas coisas podem se somar e causar novos e

estresse indesejado.

O estresse aumenta o nível de cortisol, o que pode levar ao excesso de gordura na barriga. E não, não podemos mudar o estresse em nossas vidas. Porém, conhecer e esperar mudanças e aprender a lidar com o estresse fazem toda a diferença no mundo.

É por isso que se você quer perder peso depois dos 50, é hora de se colocar em primeiro lugar.

Provavelmente você passou muitos anos cuidando dos outros – e isso é uma coisa linda – mas você não deveria se sentir culpado por colocar seu autocuidado no topo de sua lista de tarefas.

  • Como começar a priorizar sua saúde mental aos 50 anos
  • Programe um horário diário para meditar
  • Melhore sua mentalidade encontrando sua afirmação positiva
  • Comece uma prática de gratidão para aumentar sua felicidade
  • Passe algum tempo com um amigo
  • Reconecte-se com uma paixão criativa
  • Leia um livro
  • Faça com que seja uma prioridade verificar você mesmo diariamente com calma e cuidado

5. Atividade Consistente

mulher mais velha de vestido em uma bicicleta

Quer ouvir alguma verdade? Você provavelmente se move menos do que antes.

Faça uma avaliação real de suas atividades diárias e veja o que você descobre. E não se trata apenas de exercício, mas também da sua atividade diária – passos reais e tempo não gasto no sofá. O CDC recomenda um mínimo de 150 minutos de exercício por semana. Mas além disso, se você quiser perder peso depois dos 50 anos, mantenha-se ativo o dia todo. Não basta simplesmente fazer um treino de 30 minutos pela manhã e depois passar o resto do dia no sofá. A atividade cardiovascular consistente, bem como o movimento diário, são tão importantes quanto o treinamento de força. De acordo com a Clínica Mayo. “Sentar é o novo fumo” O movimento diário é fundamental! Além disso, o cardio fortalece o coração, aumenta a energia e ajuda a perder peso depois dos 50.

E se passar o dia todo doendo mais do que antes

  • Não precisa ser de alto impacto para funcionar. Existem muitas opções de baixo impacto, como:
  • Treino cardiovascular de baixo impacto que você pode fazer em casa
  • Treino HIIT de baixo impacto de 12 minutos (sem saltos)
  • 5 modificações de exercícios para joelhos ruins e um plano de treino de baixo impacto
  • Um treino de baixo impacto e altos resultados para fazer em casa
  • Os melhores treinos de baixa intensidade
  • Treino na piscina de 30 minutos
  • E não se esqueça de todos os benefícios de um bom programa de caminhada
  • Não fazer nenhum exercício, como jardinagem, passear com o cachorro, andar de bicicleta, subir escadas, estacionar longe e as tarefas diárias também contam! Um dia gasto movimentando seu corpo fará sentido!

6. Crie hábitos de sono saudáveis

mulher dormindo

O sono pode se tornar um desafio à medida que envelhecemos, e o sono insatisfatório tende a criar um efeito dominó sobre seus hormônios, alimentação e hábitos de exercício. Quando você não dorme o suficiente, dois hormônios essenciais em seu corpo – leptina e grelina – ficam fora de sintonia. Esses hormônios são responsáveis pelo seu apetite, então, depois de uma noite de sono insatisfatório, você fica quimicamente motivado a comer mais para se sentir saciado – e os alimentos que você deseja são geralmente salgados ou gordurosos. Ter uma boa noite de sono muitas vezes pode ser o primeiro passo para lidar com os maus hábitos alimentares e a falta de energia que afeta o seu desejo de fazer exercício.

Passos para um horário de sono saudável

Primeiro, arrume sua cama para dormir! Pode ser muito fácil responder e-mails ou mensagens de texto na cama assim que você acorda, ou insistir em ficar na cama mesmo quando você está se revirando. Mas a maioria dos especialistas em sono concorda que você só deve usar a cama para dormir.
Se você não conseguir dormir depois de 15 minutos, levante-se e caminhe, faça uma atividade calmante como ler um livro ou ocupe-se de outra forma até sentir sono novamente.

Em segundo lugar, crie um bom ambiente para dormir.

Mantenha seu quarto escuro com cortinas blackout e convide seu parceiro ajustando o termostato para baixo. De acordo com a maioria das fontes, é preferível entre 60-68 graus, sendo 65 graus o ideal. Terceiro, e provavelmente o mais importante, não coma alimentos açucarados e gordurosos, nem beba álcool ou cafeína muito perto da hora de dormir. Estes são ladrões de sono! A gordura acumulará ácido no estômago e causará azia, e o açúcar irá mantê-lo acordado ou acordá-lo algumas horas depois de dormir. O álcool é metabolizado rapidamente e tem o mesmo efeito que o açúcar, só que pior.

Se você estiver com fome antes de dormir, experimente

remédios para dormir, como uma colher de sopa de manteiga de amêndoa em torradas de trigo integral ou frutas, 1/2 xícara de arroz de jasmim, 1/2 xícara de nozes e frutas secas ou 1/2 xícara de iogurte grego. Você deve evitar a cafeína. Só porque isso não o manteve acordado aos 30 anos, não significa que não o manterá acordado agora! Você mudou. BÔNUS: Evidências anedóticas mostram que alguns minutos de ioga calma e lenta também podem promover um bom sono. Experimente este Yoga para dormir para

  • dormir melhor e veja o que você acha!
  • Como perder peso
  • Reproduzir vídeo

Envelhecer traz muitas mudanças novas, positivas e emocionantes. No entanto, também apresenta seus próprios desafios. Não deixe que o ganho de peso seja um deles. Mantenha uma atitude positiva e faça o que puder para se manter saudável e forte. Lembre-se: é o seu corpo e você tem o poder de se sentir bem nele!

About The Author

Leave a Comment

Scroll to Top