À medida que envelhecemos, a probabilidade de desenvolver câncer de ovário aumenta.

Nos Estados Unidos, o câncer de ovário é a quinta causa mais comum de morte relacionada ao câncer em mulheres. Todos os anos, mais de 22 mil mulheres são diagnosticadas com câncer de ovário e 14 mil morrem da doença. O câncer de ovário geralmente passa despercebido até atingir um estágio avançado. É por isso que é importante que as mulheres estejam cientes dos sintomas do câncer de ovário e consultem o médico se tiverem alguma dúvida.

Nesta postagem do blog, discutiremos métodos de prevenção e detecção do câncer de ovário. Também forneceremos informações sobre como você pode se envolver no mês de conscientização sobre o câncer de ovário!

O que é câncer de ovário e quais são os sintomas

O câncer de ovário é um tipo de câncer que começa nos ovários. Os ovários são dois pequenos órgãos em formato de amêndoa localizados em cada lado do útero. Eles são responsáveis pela produção dos óvulos que são fertilizados pelos espermatozoides para criar um embrião. O câncer de ovário geralmente começa nas células que revestem os ovários.

Os sintomas mais comuns do câncer de ovário são os seguintes:

  • Inchaço ou inchaço abdominal
  • Sentindo-se saciado rapidamente ao comer
  • Perda de peso
  • Dor pélvica ou abdominal
  • Mudanças nos hábitos intestinais, como prisão de ventre ou diarreia
  • Alterações urinárias, como ter que urinar com mais frequência ou sentir necessidade de urinar com urgência

Se sentir algum destes sintomas, é importante consultar o seu médico

  • Esses sintomas também podem ser causados por outras condições, mas é importante examiná-los.
  • Quais são os fatores de risco para câncer de ovário
  • Existem vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolver câncer de ovário, incluindo:

Idade: À medida que envelhecemos, o risco de desenvolver câncer de ovário aumenta.  A maioria dos casos é diagnosticada em mulheres com mais de 60 anos.
História familiar: Se você tem um membro da família, como mãe, irmã ou filha, que teve câncer de ovário, seu risco aumenta.
Fatores genéticos: Certas mutações genéticas, como o gene BRCA, podem aumentar o risco de desenvolver câncer de ovário.
Obesidade: Mulheres obesas têm um risco aumentado de desenvolver câncer de ovário.
Infertilidade: Mulheres que têm dificuldade em engravidar ou que nunca engravidaram podem correr maior risco.
Terapia de reposição hormonal: Tomar estrogênio e progesterona após a menopausa pode aumentar ligeiramente o risco.
Tabagismo: Mulheres que fumam têm um risco aumentado de desenvolver câncer de ovário.

Como o câncer de ovário pode ser prevenido

Não existe uma maneira segura de prevenir o câncer de ovário, mas há algumas coisas que você pode fazer para diminuir o risco.

Esses incluem:

  • Manter um peso saudável
  • Fazendo exercícios regularmente
  • Comer uma dieta saudável
  • Evitando o uso do tabaco
  • Limitando o uso de terapia de reposição hormonal

Tomando pílulas anticoncepcionais. Os contraceptivos orais (pílulas anticoncepcionais) diminuem a chance de desenvolver câncer de ovário. Quanto mais tempo você tomá-los, maior será o benefício.

  • Engravidar. Ter um bebê reduz o risco de desenvolver câncer de ovário.
  • Amamentação. A amamentação pode reduzir ligeiramente o risco de desenvolver câncer de ovário.

O câncer de ovário é uma doença grave que muitas vezes passa despercebida até atingir um estágio avançado. É por isso que é importante que as mulheres estejam cientes dos sintomas e fatores de risco associados ao câncer de ovário. Esperamos que este artigo tenha ajudado a aumentar a conscientização sobre esta doença e como ela pode ser prevenida. Se você estiver procurando um consultório de obstetrícia/ginecologia ou de saúde feminina, visite-nos no WomanCare em IL.

About The Author

Leave a Comment

Scroll to Top